[RESENHA] O Amor Não Tem Leis: Julgamento Final – Camila Moreira

oamor v2 aprovado2.inddSINOPSE: O destino mais uma vez afasta Maria Clara de seu grande amor. Um trágico acontecimento obriga a jovem a abandonar Alexandre Ferraz no momento em que ele mais precisa dela. Sentindo-se culpada pelo acidente que pode ter tirado a vida de Diego, irmão de Alexandre, Maria Clara não vê outra alternativa a não ser fugir e buscar consolo nos braços de Derek Mayer, o ex-namorado. Desesperado, Ferraz não consegue entender como ela teve coragem de desaparecer. Com a tragédia que atingiu o irmão, ele descobrirá que o que sente por sua menina é mais forte do que imaginava. Em O amor não tem leis: O julgamento final, o dr. Alexandre Ferraz tem em mãos o caso mais difícil de sua vida: conquistar o amor de uma mulher determinada a não amar.

Erótico  263 Páginas  Editora: Suma de Letras  Classificação: 5/5 Favorito

Atenção: Esse resenha contém spoilers do volume anterior, confira a resenha do primeiro livro AQUI.

O Amor Não Tem Leis: Julgamento Final é o desfecho da história conturbada de Maria Clara e Alexandre Ferraz. No livro anterior eles se entregaram a uma paixão ardente, Clara conseguiu abrir seu coração novamente para um novo amor, tudo ia muito bem até um acidente horrível acontecer e colocar Diego entre a vida e a morte.

Clara, depois que terminou com Ferraz, o único homem que amou depois de Felipe, sentiu o peso da infelicidade nas suas costas, ela não poderia continuar com Ferraz já que tinha colocado a vida de Diego em perigo, sentir o peso de outra pessoa morrendo por sua causa seria insuportável. Ela estava ciente que não nasceu para ser feliz, a infelicidade sempre a acompanhava. Primeiro Felipe e agora Diego, isso era demais para Clara, e para lidar com toda essa pressão emocional, ela acaba viajando. Quando retorna da viajem, decide que é hora de começar uma terapia e começar a resolver os milhões de problemas emocionais que a consome.

“Não tinha nascido para ser feliz, e chorar já era algo que meu corpo sabia fazer muito bem.”

Ferraz desceu do céu para o inferno quando a única mulher que ele já amou na vida terminou com ele em um hospital justo no momento que ele mais precisava dela, quando a vida do irmão corria risco. O seu amor se transformou em ódio, se sentia injustiçado, ela não poderia ter feito isso com ele, só que Ferraz não fazia ideia do que Clara já passou na vida.

Agora, dois meses depois, Ferraz passou a se dedicar na sua carreira e principalmente no irmão. Mas isso não estava funcionado, ele não tirava Clara dos pensamentos, mas estava decidido a nunca mais ir atrás da “Maldita”, como ele dizia. Sua dor foi transformada em raiva e ele saia descontando em todos os funcionários do escritório.

Depois de idas e vindas, Clara e Alexandre se encontram, ela estava determinada a conquistá-lo, ele estava evitando-a, mas a química sempre existiu e se entregaram a uma noite de sexo quente. As coisas estavam voltando ao normal, apenas com algumas lacunas na história que Ferraz desconhecia de Clara, mas Alexandre acaba recebendo um vídeo de Derek e Clara e interpreta errado e dessa vez furioso termina com Clara. Os dois ficam arrasados e cada um segue seu trabalho e sua vida como pode até que (umas das melhores cenas do livro) eles se enfrentam em um tribunal.

“Alexandre e eu juntos éramos como uma bomba-relógio, pronta para explodir a qualquer momento, destruindo não só a nós, mas todos a nossa volta.”

O Amor Não Tem Leis: Julgamento Final é uma história quente, recheada de drama, tem o suspense desde o primeiro livro, em que os personagens principais são ameaçados e a gente fica tentando adivinhar quem está por traz disso, confesso que adivinhei quem era a pessoa, mas mesmo assim foi uma surpresa na hora que eu li. E depois de tantos acontecimentos trágicos, será que a Menina e o Lobo Mau vão ser acertar? Os dois sofreram demais na história, e teve até um momento que cheguei a torcer para o Derek salvar Clara do Ferraz.

“(…) Corri como um louco pelo estacionamento. Precisava ir atrás da minha menina. Seus olhos chorosos. O sofrimento palpável com cada palavra que dizia me destruía. A coragem que teve em contar a todos sobre a vitória que alcançou e a perda que teve no mesmo momento, me derrubou (…)”

O livro tem uma narrativa profunda, achei que foi um diferencial dos outros livros New Adult, Clara não é aquela menina inocente, ela tem uma personalidade forte e quando viu o tamanho do erro que cometeu, ela correu atrás para consertar. Também os personagens secundários tiveram uma maior participação.

O fim do Derek foi à única coisa que não me agradou, um dos personagens secundários que eu mais gostei, mas nem por isso o livro deixa de ser bom, a história me agradou tanto que super recomendo essa duologia. Parece que a autora Camila Moreira está escrevendo mais um livro e dessa vez será sobre o Derek, ela postou uma foto em sua pagina no facebook, não preciso nem expressar minha ansiedade, ficou feliz que vai ter um livro só sobre o Derek, afinal ele merece um final feliz.

Enfim, recomendo a leitura! ().

“A gente não morre apenas quando o coração para de bater. Eu estava morta a muito tempo e somente Alexandre tinha percebido isso.”

Anúncios

5 comentários sobre “[RESENHA] O Amor Não Tem Leis: Julgamento Final – Camila Moreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s