[RESENHA] O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman

Oceano-no-fim-da-linha-capaSINOPSE: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino. Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Fantasia  208 Páginas  Editora: Intrínseca   Classificação: 5/5 

O Oceano no Fim do Caminho é o primeiro livro que leio de Neil Gaiman, e fui surpreendida pelo tema que a história traz. Durante a leitura, me senti como se tivesse voltado a ser criança para lutar contra todos os meus pesadelos e medos.

O livro narra à história de um homem – cujo seu nome não é mencionado – que volta da sua cidade natal para um funeral. Entre um misto de lembrança e nostalgia, ele acaba indo para a rua onde cresceu, à casa que ele viveu sua infância já não existe mais, então ele se dirige para a fazenda Hempstock que fica no fim do caminho, onde sua amiga de infância Lettie mora.

Chegando à fazenda ele é recebido pela velha stra. Hempstock, eles trocam meia dúzia de palavras, até que esse homem pede para ver o lago que um dia Lettie tinha convencido que era um oceano nos fundos do quintal da fazenda. É sentado nas margens desse lago que ele começa a se lembrar da sua infância quando tinha 7 anos e tudo o que lhe aconteceu.

“Tudo me voltava à memória, mas, mesmo enquanto lembrava, eu sabia que não seria por muito tempo: eu me lembrava de todas as coisas ali, sentado no banco verde ao lado do laguinho que Lettie Hempstock um dia me convenceu ser um oceano”.

A partir desse momento a história é contada por esse homem quando tinha 7 anos. Tudo começou quando sua família teve uma crise financeira e decide alugar seu quarto para um homem sul-africano e o mesmo acaba cometendo um suicídio alguns dias depois após perder dinheiro em jogatinas. Foi a partir desse acontecimento que um mal é despertado na cidade. Então Lettie e o Garoto “sem nome” precisam deter esse mal. As coisas começam a complicar, pois uma criatura com más intenções se infiltra na casa do garoto como sua nova babá conquistando a todos e deixando o menino em uma saia justa.

“Ninguém realmente se parece por fora com o que é de fato por dentro. Nem você. Nem eu. As pessoas são muito mais complicadas que isso. É assim com todo mundo.”

O Oceano no Fim do Caminho é um livro emocionante e surpreendente. A história consegue trazer memórias da nossa infância ao revelar as memórias do protagonista. A escrita de Neil Gaiman é impecável, a narrativa é bem fluida, em alguns momentos me vi fazendo questionamentos sobre a magia e a fantasia que aparece o tempo todo na trama, se isso era só a imaginação de um garoto, ou se essas coisas realmente aconteceram.

Rumores dizem que o nome do protagonista não foi revelado na história, pois pode se tratar das próprias lembranças da infância do autor Neil Gaiman. Interessante!

Fiquei um pouco insatisfeita em algumas questões que foram deixadas em aberto, mas nada que tire a intensidade da história. Indico muito a leitura desse livro a todos, principalmente para aqueles que amam fantasia.

“Eu adorava mitos. Não era história para adultos e não eram histórias para crianças. Eram melhores que isso. Simplesmente eram.”

Anúncios

9 comentários sobre “[RESENHA] O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman

  1. Ai amiga…que resenha linda! Super bem escrita e explica bem ao leitor sobre o que se trata o livro (fato que eu sempre admiro nas suas resenhas).
    Esse livro do Neil é simplesmente demais! Uma fantasia tão diferente das que somos acostumadas a ler…ainda mais sendo vivida e narrada por uma criança.
    Pretendo ler mts livros mais desse autor!
    Fico feliz que tenha gostado amiga!
    Mil beijinhos

    Curtido por 1 pessoa

    • Oii Angela!! Esse livro é muito bom, recomendo, eu nunca tinha lido um livro onde não revelasse o nome do protagonista… Como esse foi meu primeiro contato com Neil Gaiman, pretendo ler mais livros dele, gostei da sua narrativa e da escrita.
      Beijinhos!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s