[RESENHA] A Garota No Trem – Paula Hawkins

a-garota-no-tremA Garota No Trem é um best-seller de Paula Hawkins publicado pela editora Galera Record. O livro ganhou direitos de adaptação e está atualmente em cartaz nos cinemas. Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor.

Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15.

Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade é Megan e está desaparecida.

Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. 

Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

2016-11-07-12-41-31-1

Os buracos na sua vida é permanente. É preciso crescer ao redor deles, como raizes de arvores ao redor do concreto, você se molda a partir das lacunas. ❞

A Garota no Trem é angustiante, quando terminei a leitura tive dificuldades em me conectar ao mundo real novamente, ficava passando pela minha cabeça tudo o que Rachel passou. As partes em que ela narra à história me davam ansiedade, medo e sempre com aquela angustia presente. Eu fui afetada pelos sentimentos dessa mulher, sua vida toda desestruturada, a falta do marido, a dor de ser traída e o que mais deseja Rachel não poderia ter, então se afogava cada vez mais na depressão e bebidas. E o pior de tudo, quando se entregava a embriagues, Rachel tinha apagões e esquecia-se de tudo que tinha feito quando estava sobre o efeito do álcool. É aí o ponto chave da história, tudo aconteceu quando Rachel estava embriagada e ela precisava se lembrar no que se passou naquela noite misteriosa.

2016-11-07-12-33-01-1

Megan a mulher do casal que Rachel observava, em alguns pontos do livro ela narrava também, e nos momentos em que aparecia o ponto de vista dela da história é cheio de mistérios e apresentava uma pessoa complexada. Megan era uma mulher que descobriu o que a dor poderia causar muito cedo, e desde então só foi denegrindo, o que a levou ter o final trágico.

Anna, a atual esposa de Tom – ex-marido de Rachel – essa mulher me causava estranheza desde o inicio da leitura. Na sua narrativa ela despejava ódio e veneno por Rachel, o que aumentou minha raiva por essa personagem, porque na verdade era Anna que estava tendo um caso com Tom quando ele era casado e não ao contrario.

2016-11-07-12-33-34-1

E dentre outros personagem temos Tom, o marido perfeito para Anna e pai atencioso para Evie, tem o Scott, o marido ciumento de Megan e a Canthy amiga de Rachel que está no limite a ponto de expulsar Rachel de sua casa porque não aguenta mais suas embriagues. E todos esses personagens têm seu papel fundamental na história e o desfecho não poderia tirar mais o folego dos leitores.

A pergunta que não se cala no livro inteiro é O que aconteceu com Megan? Paula Hawkins criou um romance policial intrigante, envolvente e emocionante. Da metade do livro para frente eu comecei a levantar suposições e digo que acertei a maioria delas, mas isso não torna o livro previsível, a autora coloca pistas falsas, personagens inofensivos para confundir o leitor sobre o desfecho final.

2016-11-07-12-35-33-1

Em suma, A Garota no Trem vale a pena ser lido, sua narrativa é fácil e fluida que consegui ler ele em apenas dois dias. É um livro intenso, com relatos tristes e perturbadores. Paula Hawkins criou uma obra incrível.

Melhor Quote:
Nunca entendi como as pessoas podem negligenciar com tanta frieza os danos que causam ao seguir o que manda o coração. Quem foi que disse que fazer o que manda o coração é uma coisa boa? É puro egocentrismo, um egoísmo de querer ter tudo.

Primeira Frase:
Ela está enterrada sob uma bétula, perto da velha ferrovia, seu túmulo marcado com pedras.

Última Frase:
E preciso me levantar cedo amanhã para pegar o trem.

Trailer:

Título: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Classificação: 5/5  Favorito

6 comentários sobre “[RESENHA] A Garota No Trem – Paula Hawkins

  1. Sim… esse livro está dando o que falar nas redes!
    Sim… teve adaptação pro cinema e isso gera, por aí só, uma maior curiosidade sobre a obra…
    Não… eu não tinha tanta vontade de incluí-lo na minha listinha… pelo menos não até agora!
    Sua resenha colocou as coisas de modo misterioso … estou super curiosa pra saber qual o papel da mulher do trem nessa trama toda!
    Lindo! Mais um pra lista e sinta-se culpada por isso Hihih
    Bjuuu

    Curtido por 1 pessoa

    • Ah gêmea esse livro tbm não fazia parte da minha lista e depois desse burburinho todo eu tive que ler e descobrir pq ele é tão comentado e enfim eu amei a história e os mistérios nela envolvidos…
      Se vc der uma chance ao livro não vai se arrepender…
      Beijinhos!

      Curtir

  2. Olá tudo bem ?
    Eu li este livro mais achei ele bem cansativo até a metade do livro para mim a leitura só fluiu depois da página 250

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s