[RESENHA] The Beauty of Darkness – Mary E. Pearson

the-beauty-of-darknessTítulo: The Beauty of Darkness – Crônicas de Amor e Ódio #3
Autora: Mary E. Pearson
Editora: DarkSide Books
Páginas: 576
Classificação: 5/5 ❤ favorito
Adicione: Skoob
Compre: Amazon | Saraiva | Submarino

Lia sobreviveu a Venda, mas não foi à única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder. Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.

ATENÇÃO: Contém spoilers dos livros anteriores.

A leitura de The Beauty of Darkness foi com muitas expectativas e ansiedade que tão logo me vi finalizando a trilogia “Crônicas de Amor e Ódio”. Até agora não consigo acreditar que acabou. Escrito por Mary E. Pearson, The Beauty of Darkness é o desfecho épico da história de Lia, Rafe e Kaden.

The Beauty of Darkness

Após os acontecimentos no livro anterior, Lia continua lutando pela sua vida, mas agora ela precisa lutar pelo seu lar, por Morrighan, que está preste ser atacado pelo exercito do Komizar. Mas Lia não sabe se realmente Komizar morreu depois do seu confronto com ele, por isso ela precisa retornar a Morrighan para evitar o pior.

Na luta contra o tempo Lia precisa ser forte, escolher a razão e não deixar a dor dominá-la. Sinônimo de guerreira, Lia enfrenta os piores inimigos para lutar por aqueles que acreditam que ela tenha conspirado contra o seu próprio reino, matando inclusive o irmão que tanto ama. Além de tudo, Lia enfrentará outros problemas, ela foi traída pelos seus, e agora precisa expor os traidores, limpar o seu nome e assumir seu papel de Primeira Filha.

The Beauty of Darkness (7)

Até que apareça aquela que é mais poderosa,
Aquela nascida do infortúnio,
Aquela que era fraca,
Aquela que era caçada,
Aquela marcada com a garra e a vinha,
Aquela nomeada em segredo,
Aquela chamada Jezelia
.

The Beauty of Darkness tem um desfecho tão maravilhoso que fica difícil expor em palavras. A trama já se inicia rápida, e no decorrer aumenta a ansiedade e a insegurança do leitor por não saber o que esperar do final. Um ponto que sem duvidas merece destaque é Lia, uma personagem incrível, fazendo o papel feminino mais forte da trama. No livro, a princesa não só tenta ganhar seu espaço no reino, mas também provar que não existe diferença entre uma pessoa nascida da realeza do que aquela nascida em uma taverna e muito menos diferença entre homens e mulheres, e que uma mulher também pode governar e ter liberdade. Também ressalto, sua garra e sua força para comandar pessoas a lutarem por aquilo que somente ela sabe através do seu “Dom”.

The Beauty of Darkness (9)

Ler The Beauty of Darkness foi lindo, mágico e emocionante, a trilogia “Crônica de Amor e Ódio” apresenta um mundo novo, com histórias incríveis e uma protagonista forte, que neste ultimo livro está mais determinada ainda. Preciso dizer que no começo parecia mais ser uma obra clichê de príncipes e princesas, com uma fuga de casamento arranjado, mas agora vejo o quanto à autora Mary E. Pearson foi brilhante, ela criou uma trama onde ficamos presos nos acontecimentos sem esperar o que vai acontecer logo em seguida, o que teve um inicio clichê, terminou de forma épica para deixar aquela sensação de “preciso de mais”.

Algumas coisas duram… e algumas coisas nunca deveriam existir.

Vou guardar para sempre essa trilogia em meu coração, fazia tempo que não lia algo de fantasia, romance e ação junto que me deixasse extasiada. A autora criou personagens incríveis, tanto os mocinhos como os vilões. Sempre que eu falar de The Beauty of Darkness, vou sentir uma melancolia de como se eu tivesse vivido parte da história junto com os personagens. Foi um prazer conhecer Mary E. Pearson através dessa trilogia, a autora tem uma escrita fluida, uma narrativa leve e fácil, o que permite uma leitura incrivelmente rápida dado ao fato que a história é rica em detalhes, cenários e diversos personagens.

cronicas de amor e odio

Para finalizar, meu coração não sabe se ri ou chora com o final mais lindo de todos. A autora foi muito coerente com o destino de todos os personagens principais, eu não esperaria diferente, a trama inteira Mary E. Pearson foi sensata, criou um enredo cheio de fundamentações e o final não poderia ser diferente, foi incrível e irônico ao mesmo tempo. A ironia só vai entender quem já leu. Em suma, essa trilogia é mais que indicada!

Melhor Quote:
❝ Às vezes, tudo que se faz necessário é um pouquinho de confiança para que ela cresça. Talvez essa possa ser um ponto de partida para nós. ❞

Primeira frase:
A escuridão era uma coisa bela.  ❞

Última Frase:
❝ (…) de volta para junto da minha. 

The Beauty of Darkness (8)

A Trilogia:
1. The Kiss of Deception
2. The Heart of Betrayal
3. The Beauty of Darkness

Conto:
Morrighan

Atualmente, a série conta com três livros, todos eles publicados pela editora DarkSide Books. Somente o conto Morrighan tem sua publicação internacional e a DarkSide ainda não se pronunciou sobre seu lançamento no Brasil.

cronicas-de-amor-e-odio-capas

Anúncios

9 comentários sobre “[RESENHA] The Beauty of Darkness – Mary E. Pearson

  1. É bom ver vc falando com tanta paixão, deixa o livro ainda mais interessante e real pra quem lê a resenha ❤
    Estou louca pra continuar a saga de Lia e toda a riqueza de detalhes desse enredo maravilhoso!
    Espero conseguir ler logo pra podermos conversar mt sobre esse desfecho, que como vc mesmo disse, foi brilhante e inesperado eheheh não vejo a hora!!!
    😀
    Bjinhos

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que o julgamento imparcial das eventualidades maximiza as possibilidades por conta dos índices pretendidos. É importante questionar o quanto a crescente influência da mídia estimula a padronização dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. No mundo atual, a execução dos pontos do programa promove a alavancagem dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Percebemos, cada vez mais, que a revolução dos costumes cumpre um papel essencial na formulação das formas de ação. Pensando mais a longo prazo, o entendimento das metas propostas talvez venha a ressaltar a relatividade do investimento em reciclagem técnica.
    Mas em todo caso, ler é o melhor remédio e brócolis a melhor combinação na pizza de bacon.
    Abraços

    Curtir

  3. Oi! Como vai? Eu sempre soube que esta série iria entrar no coração das pessoas para nunca mais sair. Vejo comentários positivos e estou louca para ler, até tenho o exemplar que comprei em Março mas ainda não tive coragem para começar porque não sou fã de fantasia e tenho receio de não gostar da leitura. Espero realmente tomar coragem e me encantar assim como você.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    Curtir

  4. Olá!
    Não vejo a hora de iniciar a leitura dessa trilogia. Confesso que não leio muitos livros de fantasia, mas os poucos que leio me agradam bastante e acredito que esse tem tudo para me conquistar. Parece ter muitos mistérios e ação! Ótima resenha.
    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s