[RESENHA] Amor Amargo – Jennifer Brown

amor amargoTítulo: Amor Amargo
Autora: Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Classificação: 3,5/5
Adicione: Skoob
Compre: Amazon | Saraiva | Submarino

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…

Amor Amargo foi escrito pela da autora Jennifer Brown, a mesma que escreveu o livro “A Lista Negra”, ambos publicado pela editora Gutenberg. A obra é voltada um pouco para o publico jovem, mas é também uma forma de chamar atenção para os relacionamentos abusivos, onde muitas vezes a possessão e o ciúme são mascarados como “romantismo”. Em Nota a autora fala que escreveu o livro pensando nas inúmeras mulheres que sofrem agressões dos seus parceiros e não conseguem se libertar da situação, confesso que não foi uma leitura fácil, não pelo fato da história ser ruim, mas por ser algo pesado, perturbador, fora da minha zona de conforto.

Alex é uma adolescente com problemas familiares, a morte da mãe quando ela era ainda nova, e o pai ausente depois do ocorrido a fizeram se aproximar dos bons amigos Zach e Bethany, juntos eles planejam uma viajem para o Colorado depois da formatura. Alex é uma boa aluna, tem um bom emprego e leva a vida tranquila, mesmo com os problemas em casa. Mas então Alex conhece Cole, o novo aluno da escola, ele é bonito, misterioso e chama atenção por onde passa. Cole faz aulas de reforço com Alex, o que aproxima os dois, logo eles se vêem em uma relação romântica de inicio, mas Alex não percebe os pequenos detalhes de agressão que Cole causa a ela, a garota só percebe quando é um pouco tarde e nisso ela se vê perdida, sozinha e sem o apoio dos amigos que não a entendem bem na hora que mais precisa deles, mas será que os amigos têm culpa? Ou Alex que foi negligente? Até quando Alex suportará as agressões?

AMOR AMARGO

Amor Amargo me abalou inteiramente, precisei fazer uma pausa na leitura mais de uma semana para entender o que estava acontecendo com Alex, como ela havia se permitido a chegar nessa situação, ou pior, eu tentava entender como ela não percebia como seu relacionamento era abusivo, Alex vivia com medo de Cole, mas não largava dele, por quê? Isso mexeu com meus sentimentos, foi difícil digerir a história, eu me colocava o tempo todo no lugar de Alex, mas eu só pensava “isso nunca aconteceria comigo”, mas será mesmo? Vendo pela vida que Alex tinha, sem mãe, uma pai ausente, a falta de amor a fez buscar no lugar errado, Alex achava que sua vida era parecida com a de Cole, pois o garoto tinha uma mãe ‘vazia’ e um pai arrogante, por isso ficava justificando as atitudes erradas de Cole, até perceber que nada justificaria o que ele fazia.

Até certo ponto da história, eu não entendia como Alex ficava perdoando Cole, mas acontece que quando se esta em um relacionamento abusivo, não é só a agressão física, mas também a psicológica, Cole fazia tudo parecer que era culpa de Alex, usava o amor que a garota sentia por ele para se aproximar depois da agressão, isso enfraquecia Alex e a fazia levar ao perdão. Jennifer Brown fez parecer à história tão real que eu fiquei chocada em alguns momentos. Nunca li nada semelhante e essa trama mexeu comigo. Entretanto fiquei bem decepcionada com o desfecho da história, esperava por algo mais, algo tocante, mas ficou muito vago, porém eu entendi o que a autora quis passar, mas não me agradou.

Enfim, faz um bom tempo que fiz a leitura de Amor Amargo, mas só agora encontrei as palavras para fazer essa resenha. É um livro que tem uma história marcante, dificilmente vou esquecê-la no futuro. Apesar de ter me frustrado um pouco com o desfecho, eu recomendo a leitura.

Melhor Quote:
Era espantoso se dar conta de que era possível se acostumar a qualquer  tipo de vida. 

Primeira frase:
Persistente.

Última Frase:
(…) até que a noite caiu, mergulhando-a na escuridão.

Anúncios

8 comentários sobre “[RESENHA] Amor Amargo – Jennifer Brown

  1. Realmente esse livro é ao mesmo tempo lindo, profundo, revoltante, angustiante e maravilhoso! Mexeu demais com meu emocional…lembro que, na época, ficava fisicamente enjoada com algumas passagens…acredito que digerir o tema é um verdadeiro desafio ao leitor!
    A autora é genial. Sua escrita impecável e super realista nos fazem realmente entender o que se passa na cabeça de um manipulador de sentimentos e como é ser vitimizada por pessoas assim…
    A única ressalva é que, ao contrário de vc, eu gostei do final…me soou muito verdadeiro…apesar dela conseguir se afastar e fazer a sonhada viagem, tal como na vida real, não é conhecer um lugar novo que vai acabar com seus problemas e nada garante que ela não vá voltar a encontrar seu agressor, ou que sua vida vai ser boa, apesar de eu torcer e achar q ela merece….
    Enfim, parabéns pelas palavras, sua resenha linda e reflexiva vai ajudar mta gente a conhecer essa história tão marcante!
    Beijos

    Curtir

  2. Oi, Leisiane. Amor amargo está na minha lista de livros para ler, mas eu sei que é uma história muito difícil e pesada, já que o tema é bem neste estilo, por isso eu sempre prorroguei o máximo possível a leitura. Não sei bem se estou preparada para lidar com tal leitura, nem sei se estarei. Só não quero começar agora na loucura e depois me decepcionar.
    Beijo.
    Leitora Encantada

    Curtir

  3. Oi Leisiane, eu li esse livro no ano passado e gostei bastante da leitura.
    É um livro bastante denso e reflexivo, não é fácil de se ler. Mas eu recomendo muito a leitura, pois poder emergir nos sentimentos da vítima e sentir junto com ela todo o sofrimento vivenciado nessa relação abusiva mudou muito a minha forma de pensar a respeito.

    Ótima resenha, beijos!

    Curtir

  4. Oi Leisi, sua linda, tudo bem?
    Peço desculpas pela demora em vir aqui visitar seu blog, foram dias corridos. Leisi, já li alguns livros e matérias e já vi entrevistas falando sobre esse assunto. E até hoje, mesmo com todos os argumentos eu continuo fazendo a pergunta: por quê??? Acho que nunca irei aceitar, é esse o problema, não é entender, é aceitar como alguém consciente de ser vítima de abuso psicológico e até físico ainda defende o agressor e se volta contra todos. Medo??? Medo de quê, se já está sofrendo agressões??? O pior já aconteceu!!!!!! O grande problema é que a maioria das vítimas, não todas, são pessoas fracas emocionalmente, carentes. Preferem ficar com uma pessoa como essa do que ficar sozinha. Tem casos reais que me deixaram chocadas!!!!! Que pena que o final não foi o esperado, mas sem duvida nenhuma parece uma ótima leitura e super importante. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtir

  5. Oi Leisi, tudo bem? Nunca li nada da Jennifer Brown, mas as pessoas realmente gostam muito desse livro e deu pra entender o motivo. O pessoal julga muito facilmente as pessoas, mas não entendem como pode ser difícil sair de um relacionamento abusivo. O tema é bem interessante, quero conferir o livro ❤

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Curtir

  6. I like that He welcomes us back to where we belong. Just the thought of knowing we belong with Him and that He wants us there brings peace and joy.Beautiful and meaningful painting, LosseBl.riings,Janis

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s