[RESENHA] O Príncipe Corvo – Elizabeth Hoyt

O Príncipe CorvoTítulo:  O Príncipe Corvo – Príncipes #3
Autora: Elizabeth Hoyt

Editora: Galera Record
Páginas: 350
Classificação: 5/5 ❤
Adicione: Skoob
Compre: Amazon | Saraiva

Ao descobrir que o conde de Swartingham visita um bordel para atender suas “necessidades masculinas”, Anna Wren decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu amante. Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil. Em que ela deve fazer o inimaginável… O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude. Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.

Nosso interior é mais importante que nossa casca.

O Príncipe Corvo é o primeiro livro da Trilogia dos Príncipes escrito pela autora Elizabeth Hoyt. Trata-se de um romance de época adulto que foi originalmente publicado em 2006, mas só este ano que foi trazido para o Brasil pela editora Galera Record. Vocês precisam saber que sou apaixonada por esse gênero, e tentei não exagerar ao expressar o quanto que eu gostei desse livro.

Na Inglaterra em 1760, Anna Wren tem vivido dias difíceis, ela é uma viúva respeitável que ficou responsável pelas finanças de uma pequena casa, há cinco anos, desde o falecimento do marido. Mas chegou um momento em que a situação ficou complicada, ela precisa procurar um emprego para manter alimentos dentro de casa. É quando Anna começa a trabalhar como secretária de Edward de Raaf, o Conde de Swartingham, tal serviço exige esforço devido o difícil temperamento do conde, mas Anna é boa com as palavras, capaz de enfrentá-lo, e assim, eles vão criando uma química e surge aquela atração. Porém, ao descobrir que Edward frequenta um bordel em Londres, Anna decidi ir atrás dele no mesmo local para satisfazer suas necessidades, mas com sua identidade mantida em sigilo.

O principe corvo

Pela premissa do livro, a impressão que dá, é que O Príncipe Corvo trata-se mais de um romance erótico, mas afirmo, há história vai além disso. Inicialmente somos apresentados a dois personagens que sofreram na vida, Edward marcado pela varíola o torna um homem “feio”, sozinho e amargo, já Anna, vindo de um casamento infeliz, sente a necessidade de buscar algo que faça seu corpo e coração aquecer. Vendo todo o contexto da história é compreensível Anna ser tão liberal para sua época quebrando paradigmas impostos pela sociedade. O Príncipe Corvo é sobre os desejos, paixões e também fala dos direitos das mulheres que na verdade, mal tinham tais direitos naquela época.

Elizabeth Hoyt tem uma escrita muito fácil, o que permite uma leitura fluida e rápida, a narrativa do livro, é típica de romance de época, em terceira pessoa, intercalada entre diversos personagens, e ainda traz diversão, ironia e paixão. A cada capitulo inicializado, há um trecho curto de um conto que dá o nome ao livro, dessa maneira o leitor acompanha duas histórias, e o mais legal é que o conto é lido pelos personagens no decorrer da trama. O Príncipe Corvo é um livro apaixonante e muito sensual, as cenas eróticas são bem escritas e explicitas, mas sem abandonar a sensualidade e o romantismo, e também nunca chegando ser vulgar.

Posso dizer que O Príncipe Corvo entrou na lista de favoritos disparados, ele me envolveu com o romance, proporcionou momentos alegres e me diverti com os protagonistas, para os amantes do gênero, eu indico sem medo!

Melhor Quote:
— (…) É tão mais fácil simplesmente fazer o que as pessoas esperam de você, Anna.
— Pode ser mais fácil, mas não é necessariamente a coisa certa a fazer, mãe. 

Primeira frase: 
Era uma vez, numa terra muito distante, um conde empobrecido e suas três filhas… ❞

Última Frase: 
❝— Estão mortas.

10 comentários sobre “[RESENHA] O Príncipe Corvo – Elizabeth Hoyt

  1. Oi Leisi!

    Esse ano eu estou me dando muito bem com os livros de época, a cada livro que leio me apaixono ainda mais pelo gênero. Esse romance já está entre os meus desejados, espero curtir tbm.

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s