[RESENHA] Persuasão – Jane Austen

jane austen 1Editora Martin Claret  310 páginas 
Adicione: Skoob ❤ Compre: Amazon

O enredo gira em torno de Anne Elliot, filha de Sir Walter Elliot, um vaidoso e esnobe baronete. No passado, Anne apaixonara-se por Frederick Wentworth, que, embora belo, inteligente e ambicioso, não tinha tradições ou conexões familiares importantes – e assim Anne fora persuadida pela família a romper com ele. Em 1815, momento em que se passam os eventos narrados no livro, a boa, generosa e sensível Anne Elliot continua solteira, mas agora, aos 27 anos, pensa com mais autonomia e maturidade. Agora, também, a situação financeira de Sir Walter Elliot é desfavorável, e ele se vê obrigado a alugar a propriedade da família. Por força do destino, o novo ocupante da residência é cunhado de Wentworth. Quase oito anos após o rompimento, Anne se verá novamente convivendo com seu grande amor, agora um capitão da Marinha, e reflexões, conjunturas e arrependimentos serão inevitáveis. Anne e Frederick se redescobrem apaixonados, e renovam o compromisso de casamento. Com o mesmo texto leve e envolvente – mas irônico e perspicaz – que a caracteriza, Austen faz aqui uma crítica à vaidade típica da sociedade inglesa do início do século XIX, ao mesmo tempo em que enfoca o tema do casamento, quase onipresente em seus escritos.

Persuasão foi o último romance completo escrito pela autora britânica Jane Austen. O enredo trata-se da relação de Anne Elliot com o jovem oficial da marinha, Frederick Wentworth e todas as suas complicações da época, onde títulos e status eram mais importantes e que influenciava a vida de muitas moças solteira.

Anne Elliot foi persuadida a desistir do seu noivado com Frederick Wentworth pelo fato de não haver títulos. Anos mais tarde, Frederick se torna capitão da marinha, e agora aos olhos da sociedade, ele é bem visto. Tendo ele voltado para uma temporada em Somersetshire, Anne é obrigada a conviver com Frederick, e sofrer por reviver antigos sentimentos pelo capitão e julgamento de uma escolha errada, além de ser obrigada ver o capitão cortejar outras moças.

persuasão jane austen

Persuasão é claramente sobre o sofrimento de Anne Elliot, um amor que foi reprimido, e também sobre como títulos e posses eram influenciáveis nas decisões de muitas pessoas que buscavam relacionamentos.

Como o foco da história é em Anne, preciso dizer que essa é uma personagem muito bem construída, tem um jeito doce, um sofrimento palpável, e o que torna para nós leitores amá-la mais fácil é o fato de sua família não se importar com ela. A trajetória que Anne faz em Persuasão, não trata-se apenas um livro de romance, mas também boa reflexão sobre limitações, influências e poder.

Antes de iniciar a leitura, algo já me dizia que iria amar Persuasão, e o tal fato se provou verdadeiro, que ao final da leitura suspirei amores. Nesta edição da editora Martin Claret, ela trouxe um desfecho excluído pela autora, um final diferente que acredito que Jane Austen não ter gostado muito e resolveu mudá-lo.

Enfim, obras clássicas tem se tornado cada vez mais parte do meu mundo, tenho aprendido mais do que eu esperava, e sem duvidas, Persuasão entrou para o haul de favoritos por conter um romance lindo e questões reflexivas.

Nota: 5/5  🌟🌟🌟🌟🌟❤

Um comentário sobre “[RESENHA] Persuasão – Jane Austen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s